sexta-feira , 15 dezembro 2017 - 03:13
INICIO » Renault » Renault Koleos 2018: marca confirma SUV no Brasil

Renault Koleos 2018: marca confirma SUV no Brasil

O Renault Koleos 2018 tem o visual como um atributo a seu favor. O modelo apresenta linhas elegantes, traçados pelo designer Laurens Van Den Acker. A grade frontal destaca o símbolo brilhante da Renault.

O emblema “Initiale Paris” vem logo abaixo, confirmando que se trata da versão de topo do carro. As rodas são de liga leve de 19 polegadas com raios diamantados e têm fundo em preto brilhante. Atrás, o jogo de linhas horizontais que se completam às lanternas dão charme ao modelo.

O Renault Koleos será o primeiro da fabricante francesa a ser vendido no Brasil com a nova identidade visual. Ele utiliza a plataforma modular CMFC/D, para os carros médios e médios-grandes da marca, como o Mégane, a minivan Espace, o sedã Talisman e crossover Kadjar, vendidos no mercado europeu.

O modelo mede 4,67 metros de comprimento, 1,67 m de altura, 1,84 m de largura e 2,70 m de distância entre-eixos – 5 cm a mais que o Kadjar. Os ângulos de ataque, a serem considerados nos casos de uso off-road, são de 19 graus de entrada e 26 graus de saída, e a distância ao solo é de 21 cm.

O Koleos é extremamente seguro. Os pneus largos, de baixo perfil, contribuem para a sensação de segurança, além do bom funcionamento dos freios contemplados por discos dianteiros ventilados. O motor diesel 2.0 apresenta respostas imediatas e o câmbio CVT é adequado. Em resumo, o carro tem um bom equilíbrio entre conforto para a família e esportividade para o caso de boas “aceleradas”.


No uso fora de estrada, o Koleos se sai bem, sem fazer cerimônia. São três modos de tração: o 2WD, para condições normais e que favorece a economia de combustível; o 4WD Auto, que move o torque do acionamento para o eixo de trás; e o 4WD Lock, que divide o torque nos dois eixos de maneira igual e contínua.

Para sair da lama, basta selecionar uma das duas últimas opções, que o trabalho é facilmente feito pelo sistema de tração. Em relação ao consumo de combustível, foi possível registrar uma média de 15 km/l – nada mal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *