sexta-feira , 15 dezembro 2017 - 03:15
INICIO » Atualidades » Propina: escândalo da FIFA sobrou para o argentino Messi, delator entregou o craque

Propina: escândalo da FIFA sobrou para o argentino Messi, delator entregou o craque

Propina para jogar pela seleção. O recente escândalo da Fifa sobrou para Lionel Messi. No interrogatório desta quinta-feira, no Tribunal Federal de Brooklyn, em Nova York, o delator Alejandro Burzaco disse que o craque argentino recebeu US$ 200 mil para jogar amistoso pela seleção de seu país.

John Pappalardo, advogado do reú Juan Angel Napout, primeiro perguntou se Napout tinha pagado propina à então presidente da Argentina Cristina Kirchner. Diante da resposta negativa, ele fez outra pergunta: “Quem é o presidente da Argentina?”

Delatores em questão são acusados pelos crimes fraude, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Presos desde 2015, os três alegam inocência e foram os únicos dos 42 réus do Caso Fifa que não aceitaram fazer acordo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *